Bem-vindo à BOL. O nosso site usa cookies e outras tecnologias para personalizar a sua experiência e compreender como você e os outros visitantes usam o nosso site.
Para ver uma lista completa das empresas que usam estes cookies e outras tecnologias e nos informar se podem ou não ser utilizadas no seu dispositivo, aceda à nossa página de política de cookies.

Concordo
Distrito Sala
Detalhe Evento
LINHA DE FUGA: (sweet)(bitter), de Thomas Hauert

LINHA DE FUGA: (sweet)(bitter), de Thomas Hauert

Teatro & Arte | Dança

Convento São Francisco

ANTIGA IGREJA
Classificação Etária
Maiores de 6 anos
Bilhete Pago
A partir dos 3 anos
2018
dez
01
Realizado

Duração

40 minutos

Abertura Portas

21:15

Intervalo

Sem Intervalo.

Produtor

Produções Real Pelágio Associação Cultural

Breve Introdução

Thomas Hauert é um bailarino e coreógrafo cuja pesquisa sofisticada, baseada na improvisação sobre o movimento, tem um forte relacionamento com a música, seja música real ou a musicalidade do próprio movimento. Neste solo, Thomas confronta a interpretação musical com a interpretação coreográfica. Ele usa uma única peça de música existente, Si dolce èl tormento de Claudio Monteverdi, mas em várias interpretações, que ele vai ligar relação com 12 Madrigali de Salvatore Sciarrino.

Sinopse

Thomas Hauert é um bailarino e coreógrafo cuja pesquisa sofisticada, baseada na improvisação sobre o movimento, tem um forte relacionamento com a música, seja música real ou a musicalidade do próprio movimento. Neste solo, Thomas confronta a interpretação musical com a interpretação coreográfica. Ele usa uma única peça de música existente, Si dolce èl tormento de Claudio Monteverdi, mas em várias interpretações, que ele vai ligar relação com 12 Madrigali de Salvatore Sciarrino. Abrem-se inúmeras possibilidades através deste confronto. Por exemplo, de que forma as interpretações musicais e os instrumentos usados influenciam o movimento? De que forma as diferentes interpretações musicais podem influenciar a mesma proposta coreográfica? Que musicalidade pode ser lida num movimento baseado em música quando essa música não pode ser ouvida. Hauert interpreta este poema musical de amor impossível como a expressão de um conflito entre a felicidade de perseguir um ideal e o tormento de saber que esse ideal permanecerá inalcançável, uma tensão que é um motor universal da vida, mas que tem tantas formas quanto muitas interpretações, uma vez que existem visões individuais desse país perfeito.

Ficha Artística

conceito, coreografia e interpretação: Thomas Hauert
desenho de luzes: Bert Van Dijck
figurinos: Chevalier Masson
música: Claudio Monteverdi, Si dolce èl tormento
produção: ZOO /Thomas Hauert
coprodução: Charleroi Danses
apoio: Federación Valonia Bruselas Servicio de la danse / Pro Helvetia -Swiss Arts Council / Vlaamse Gemeenschapscommissie / Ein Kulturengagement des Lotterie-Fonds del Cantón de Solothurn / Valonia Bruselas Internacional

A presença de Thomas Hauert no LINHA DE FUGA conta com o apoio de WBI Wallonie-Bruselles International.

Informações Adicionais

Espectáculo no âmbito do LINHA DE FUGA, laboratório e festival internacional de artes performativas a decorrer em Coimbra, entre 9 de novembro e 1 de dezembro de 2018.
Para lá da dimensão de Festival aberto ao público, com a apresentação de espetáculos em vários locais da cidade, LINHA DE FUGA realiza um Laboratório que pretende promover o encontro entre artistas nacionais e estrangeiros para intercâmbio de práticas artísticas.

www.linhadefuga.pt

Bilheteira do Convento São Francisco
Horário de Funcionamento: diariamente entre as 15h00 e as 20h00
Telefone: 239 857 191
Email: bilheteira@coimbraconvento.pt

Nota: Os lugares não são marcados - com limitação de lugares sentados e plateia de pé.

Preços

Valor único: 5€

Partilhar

Serviços Adicionais

Veja ainda:

GISELA JOÃO - Uma Noite de Natal

Música & Festivais | Concerto

Convento São Francisco

Grande Auditório

ANTÓNIO ZAMBUJO - Do Avesso

Música & Festivais | Concerto

Convento São Francisco

Grande Auditório